A Síndrome do túnel do carpo é uma condição que ocorre geralmente no terceiro trimestre de gravidez e se manifesta com dor, dormência, formigamento e dormência nas mãos e nos dedos, afeta cerca de 3% das mulheres grávidas. Um dos fatores que contribuem para o seu surgimento são a retenção e o edema, que são bastante frequentes nos últimos meses da gestação.

Devido a retenção e o edema a pressão exercida sobre o nervo mediado é aumentada fazendo com que os momentos sobre a articulações do pulso seja ocorra com maior dificuldade, e nesse caso o túnel do carpo acaba sofrendo um estreitamento e comprimindo o nervo. Levando o aparecimento de dor e fraqueza nas mãos e dedos.  Por outro lado, todos esses sintomas desaparecem após o nascimento do bebê.

Principais sintomas da Síndrome do túnel do carpo na gravidez:
– Dor;
– Dormência;
– Inchaço ou ardor nos dedos;
– Desconforto no pulso e antebraço;
– Formigamento ou dormência nas mãos ;
– Diminuição da forçar da mão e dos dedos (ocasionando dificuldade em fechar a mão ou pegar algo).

Tratamento da Síndrome do túnel do carpo na gravidez:
Imobilizar com tala mão para dormir;
Fazer uso de suplementos que possua vitamina B6;
Nos casos da retenção de líquidos e edema, diminuir a ingestão de sal.

Dicas para aliviar o desconforto da Síndrome do túnel do carpo na gravidez:
Não fazer tarefas manuais repetitivas, como por exemplo, digitação. Caso você não tenha outra opção, tome cuidado para que não machucar os pulsos, dê sempre uma pausa para mover e esticar as mãos, evitando a sensação de desconforto;
Acupuntura e natação também são ótimas opções para melhorar a circulação sanguínea e soltar os músculos das mãos;

Dormir com os braços acima da cabeça, colocado sobre um travesseiro, de modo que ajude a diminuir a retenção de líquidos nos punhos, mãos e dedos.