Os primeiros sintomas de gravidez geralmente ocorrem antes do atraso menstrual, na terceira semana após a fecundação do óvulo, já é possível observar alguns sinais e sintomas, que aparecem seis dias após ter ocorrido à relação sexual.

Os primeiros sintomas de gravidez, por muitas vezes acabam passando de forma despercebida, aí neste caso, será necessário fazer um teste de gravidez para comprovar uma possível gestação. Confira a seguir, 10 primeiros sintomas de gravidez:

  • Corrimento vaginal de tom rosa: Quando ocorre a fecundação, pode ser que ocorra pequenos escapes (leve corrimento vaginal de cor rosa), que se assemelham a vestígios de sangue, isso ocorre devido à entrada do espermatozoide no óvulo.
  • Mamas doloridas: A mulheres que estão nas primeiras semanas de gravidez, poderá sentir os seus mais sensíveis ao toque, isso ocorre devido ao hormônio que estimula as glândulas mamárias, que irá preparar futura mamãe ara a amamentação. Geralmente as mulheres sentem maior sensibilidade na região dos mamilos e na aréola, que pode se tornar mais escuras devido ao aumento do fluxo sanguíneo nesse local.
  • Tonturas e sono: As gestantes podem sofrer de tonturas e sono fora de hora devido a quedas da pressão arterial, devido à má alimentação ou a redução de glicose no sangue. Esse sintoma inicia nas primeiras semanas de gravidez e acaba diminuindo na 20º semana de gestação.
  • Falta de disposição: Como o corpo da grávida está passando por diversas alterações hormonais, o cansaço e a falta de disposição são percebidos nas primeiras semanas de gravidez.  Essa sensação ocorre, pois o sangue da mulher se torna mais fluido e menos viscoso, por isso é comum você sofrer com anemia durante a gravidez.
  • Enjoos e vômitos: Os enjoos e vômitos são bastante comuns durante a gravidez, principalmente pelo período da manhã. Ela surge por volta da sexta semana de gestação e pode permanecer por toda gravidez.
  • Variações de humor: É possível perceber algumas mudanças quanto às alterações de humor, logo no início da gravidez. A sensibilidade se torna a flor da pele, é bastante comum a grávida chorar por alguma situação que antes não levava ao choro. E essa variação do humor percorre por toda a gravidez.
  • Cólica abdominal: Após ocorre a fecundação do óvulo, começa ocorrer o aumento do fluxo sanguíneo na região pélvica para futura mamãe. Os hormônios começam ser ativados para reservar o embrião e permitir que a gravidez dê continuidade. Devido a essas mudanças o corpo pode sofres alguns desconfortos abdominais que também são semelhantes as cólicas menstruais, porém com menor intensidade.
  • Aversão a cheiros: Com as diversas alterações que o corpo da gestante sofre é bastante comum no início da gravidez acabar tendo aversão a cheiros, mesmo que eles sejam aparentemente agradáveis. Muitas grávidas podem chegar a vomitar após sentir o cheiro que não lhe agrade. Esse é um dos sintomas que a gestante pode sentir nas primeiras semanas de gravidez.
  • Inchaço abdominal: Um dos primeiros sinais de que seu corpo está se modificando pela gravidez é o inchaço abdominal, que ocorre devi as inúmeras alterações pélvicas. Com o aumento do fluxo sanguíneo e as mudanças que o corpo sofre para o crescimento uterino acaba causando pequeno inchaço abdominal, que por muitas vezes não é percebido.
  • Acne – Espinhas: Devido às alterações hormonais pode ser que a questão da acne e cravos possa piorar, já que é possível observar nas primeiras semanas de gravidez. É possível notar o aumento da oleosidade na pele, que podem ser controlados com produtos específicos para a pele e de higiene pessoal.