O Teste da Orelhinha é um exame que verificará um dos sentidos essenciais para o desenvolvimento completo do bebê, a audição. Ainda na barriga o bebê já escuta a voz e os sons do corpo de sua mãe, isso ocorre por volta do quinto mês da gravidez.

Com isso, a experiência da criança com os sons permitirá que ele inicie o desenvolvimento da linguagem. Se por acaso, ocorra à perda da capacidade auditiva, irá impedir que a criança adquira as informações importantes quanto à linguagem.

Quando fazer o testa da Orelhinha?
O teste da Orelhinha, também conhecida como Triagem Auditiva Neonatal, deverá ser realizado no segundo ou terceiro dia de vida do bebê.  Mas pode ser realizado preferencialmente nos três primeiros meses de vida do bebê.

Como é feito o teste da Orelhinha?
No teste da Orelhinha será colocado um fone computadorizado na orelhinha do bebê e irá emitir sons de pequena intensidade, que recolhe as respostas que a orelha interna do bebê produz. O exame é rápido e indolor, só irá levar 10 minutos.

O resultado do exame é infirmado logo após ser concluído. Caso ocorra suspeita de deficiência durante o exame, a criança deverá ser encaminhada para avaliação otológica e audiológica completa.

teste da orelhinha ok

 

Qual o risco do bebê nascer surdo?
Os bebês que sofreram infecções congênitas, por exemplo, a toxoplasmose, rubéola, sífilis, herpes e citomegalovirus. Se na família existe histórico de surdez ou o bebê passou por mais de 48 horas na UTI, tem o risco de ser surdo. Com o Testa da Orelhinha será possível detectar se a criança sofrerá com algum problema auditivo.

O teste da Orelhinha é obrigatório?
Sim. O Teste da Orelhinha passou a ser obrigatório e gratuito em 2 de agosto de 2010. Pois, tem finalidade de prevenir a deficiência auditiva, como também em remediar nos casos de bebês que apresentam surdez congênita.