Muitas das futuras mamães têm a ansiedade de fazer uma tatuagem para homenagear o seu bebê que esta por vim, mas é muito importante que a gestante pare e pense sobre o assunto principalmente no período da gravidez.

A tatuagem na gravidez deve ser evitada por uma série de fatores, os principias pontos desta questão envolvem a saúde da gestante, a do bebê e até mesmo a qualidade da tattoo.

No período da gestação, a mulher tente a está com o corpo mais vulnerável e a possibilidade de se adquirir doenças e infecções é muito maior, entre os principais perigos estão a Hepatite C, Hepatite B e até o Vírus HIV.

Outro ponto que também pesa bastante neste momento é que durante a gravidez a pele da gestante está um tanto quanto esticada, e o resultado do trabalho da tatuagem pode não corresponder como o esperado, já que depois do parto a pele volta ao normal, há diversos casos em que uma grávida fez uma tatuagem e depois se arrependeu por conta do desenho ou nome que ficaram distorcidos.

Então, quando a gestante pode fazer uma tatuagem?
O indicado é que ela não faça no período gestacional, mas caso seja um desejo incontrolável e inadiável é bom a gestante procurar um tatuador de bom conceito no mercado e que utilize matérias de ponta e que siga as boas práticas de higienização das agulhas.

Agora, caso você não quer se arriscar, a melhor dica é esperar pelo menos 50 dias após o parto, essa já é considerado um período seguro, e a sua pele já está voltando ao normal.