São poucas as mulheres que conseguem descobrir a implantação do ovo fertilizado na parede do útero através de uma pequena perda de sangue, que também é conhecida como sangramento de implantação ou nidação.

A perda da pequena quantidade de sangue pode durar de 1 a 3 dias e a cor é mais clara do que a da menstruação. Esse sangramento ocorre quando o embrião se adere à parede do útero e as pequenas veias e artérias que irrigam o endométrio se rompem.

Esse evento ocorre logo nas primeiras semanas da gestação, entre do 6° e o 10° dia após a fertilização o ovo, período esse que consiste na data prevista da menstruação, que então acaba muitas vezes confundindo as mulheres.

Em alguns casos ocorrerá apenas à perda de uma gota de sangue e em outros pode chegar a ser confundida com a menstruação. Já sangramento de implantação não segue uma única regra.

Do óvulo fertilizado ao embrião implantado no útero:

A partir do momento em que o espermatozóide consegue penetrar no óvulo ocorrerá a fertilização, onde o zigoto entra em formação. Após as 72 horas, o zigoto se torará mórula e após quatro ou cinco dias da fertilização a mórula se tornará blastocisto.

Nessa fase do blastocisto ele terá dois grupos de células, um interno e outro externo. O grupo de células internas se tornará o embrião e o grupo de células externas terá papel de nutrir e proteger o bebê em formação durante a gravidez.

Do momento em que ocorreu a fertilização do ovo até o blastocisto chegar ao útero, se passou de seis a sete dias, com isso, começa a ser produzido algumas extensões para que a implantação do embrião possa ser bem fixada no endométrio.

Já implantação é considerada uma das fases mais crítica da gravidez, pois permite que o embrião na sua fase inicial possa receber oxigênio e os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento através do sangue da mãe. Com isso, 14° dias após a fertilização, o embrião estará totalmente firme e encaixado em seu novo lar. Local esse, onde irá se desenvolver e crescer.

Sangramento de implantação (nidação) pode ser confundido com a menstruação?
Como já foi dito anteriormente, o sangramento de implantação pode ser confundido com o início do ciclo menstrual, que na realidade seria um sinal da gravidez.

Por isso, você deve prestar bastante atenção em algumas possíveis mudanças em seu corpo que pode ajudar a descobrir se você está realmente grávida.

+ Veja os primeiros sintomas gravidez após a nidação