É durante o quarto mês da gestação, que as mamães começam a sentir os movimentos do seu bebê. Geralmente os chutes ocorrem quando a gestante muda de posição, como por exemplo ao sentar ou se esticar. Nesse momento o bebê empurra com os braço e pernas a parede do útero. há medida que a gravidez avança, os chutes do bebê acabam ocorrendo sempre em determinado momento do dia, por isso, muitas gestantes acabam prevendo o momento do chute.

Consumir doces faz o bebê chutar mais?
Os chutes do bebê é bastante influenciado pela mamãe e geralmente ocorre logo após o consumo de doce. Pois, como ocorre o aumento da glicose no sangue da gestante e que passa para o bebê através da placenta, isso acaba incentivando o bebê a se movimentar de forma rítmica e em curtos períodos de tempo.

A medida que o feto de cresce no útero da mãe os movimentos vão se tornando cada vez mais preciso. Lembrando que os momentos que são realizados pelo bebê no útero da mão não representa nenhum perigo para ele, pois o líquido amniótico o protege.

A medida que a gestação chega na reta final, muitas gestantes ficam preocupadas devido a diminuição de chutes, mas na verdade ele não tem espaço suficiente para grandes movimentação, embora ele esteja totalmente ativo no útero materno.

Quando o bebê começa a chutar o útero da mãe?
Apesar do bebê começar a se mover na sétima ou oitava semana de gestação, os primeiros chutes podem ser notados entre a 16 e 22 semana de gestação. A partir da 16, caso seja a segunda ou terceira gravides e em torno da 20° semana, caso seja a primeira gestação. As mamães de primeira viagem podem demorar mais tempo para reconhecer os primeiros movimentos do seu bebê, pois pode confundir com gases ou outros movimentos.

Já as mulheres que passaram por uma gestação serão capazes de distinguir os primeiros chutes devido a experiência anterior. As gestantes mais magras também sentem os primeiros movimentos do bebê de forma antecipada quando comparamos com mulheres que estão acima do peso.