Cerca de 20% das gestantes, acabam tendo infecção urinária durante a Gravidez. Fazer a ingestão de bastante líquido é fundamental para evita possíveis problemas. As gestantes devem ficar em alerta durante o primeiro trimestre, já que é nesse período que ocorre com maior frequência a infecção urinária. Caso você comece apresentar dor ao fazer xixi ou febre, consulte o seu médico imediatamente.

Mais afinal o que é infecção urinária?
A infecção urinária nada mais é do que uma inflamação e irritação do sistema urinário. Geralmente as infecções urinárias ocorrem com maior frequência em mulheres de 20 a 50 anos, estima-se que uma a cada cinco mulheres terá ou menos uma infecção urinária durante a vida. E caso não inicie de imediato o tratamento, a infecção urinária pode causar fortes dores e agravar, migrando para os rins.

Quando a mulher está grávida, aumentam as chances de que ocorra uma infecção do trato urinário, pois o hormônio progesterona, que atuam durante a gestação afrouxando os músculos que envolvem o útero e os rins, fazendo com que ocorra a diminuição da velocidade do fluxo da urina dos rins até a bexiga. Permitindo assim que as bactérias se multipliquem antes de serem eliminadas. Como a resistência da mulher se torna mais baixa durante a gestação, acaba sendo mais fácil de sofrer as ações dessas bactérias.

Infecção Urinária simples x Infecção urinária grave:
A cistite é a infecção da bexiga são as forma menos agressiva da infecção urinária.
Os principais sintomas da infecção urinária simples são:
Dor e queimação ao fazer xixi;
Mudanças na coloração e do cheiro do xixi;
Vontade frequente e incontrolável de ir ao banheiro.

Já a pielonefrite, que atinge os rins é a forma mais agressiva da infecção urinária e só ocorre após as infecções assintomáticas (sem apresentar sinais de infecção). É muito importante descobrir o quanto antes a infecções urinárias para que o tratamento possa ser iniciado o mais rápido possível. Alguns dos principais sintomas da infecção urinária grave:
Febre;
Calafrios;
Urina turva;
Sangue na urina;
Náusea e vômitos;
Dor na região próxima aos rins.

Quando a infecção urinária não é tratada e se torna severa pode causar:
Abortamentos;
Hipertensão arterial;
Contrações do útero, que pode levar ao trabalho de parto prematuro;
Morte do bebê ou até mesmo a morte da mãe caso a infecção se torne generalizada.

O que devo fazer caso tenha uma infecção urinária durante a gravidez?
Consulte o seu médico e relate os sintomas, ele irá pedir um exame de cultura da urina para identificar qual o tipo de bactéria que está ocasionando a infecção urinária. Será muito provável que ele passará um antibiótico para o tratamento, já que o seu uso é seguro durante a gravidez.

Não deixe de consultar o seu ginecologista ao perceber qualquer sinal da infecção urinária, pois caso não seja tratada o quanto antes, ela pode evoluir e atingir os rins e comprometer a sua gestação.