A endometriose ocorre quando o tecido que geralmente cobre o útero cresce em outros locais, como nas trompas de falópio, nos ovários, intestino, pelves, na bexiga e no reto, mas também pode ser localizado em outras áreas do corpo, embora seja incomum.

A endometriose é uma doença que pode ser hereditária ou afetar mulheres jovens que estão iniciando o seu ciclo menstrual ou até mesmo após a menopausa.

Embora as causas sejam ainda desconhecidas, os especialistas conseguiram detectar que a endometriose ocorre com maior frequência em:
Mulheres que tiveram a menarca precoce;
Nas nulíparas (que nunca tiveram filhos);
E nas mulheres que possuem períodos menstruais com sangramento intenso e prolongado.

Principais sintomas da Endometriose:
A dor (cólica menstrual intensa) é considerada o principal sintoma da endometriose que aparecem:
Durante o sexo;
No abdômen (antes e durante o período menstrual);
No momento da evacuação;
Fadiga crônica ou exaustão.

Exames para detectar a Endometriose:
É importante realizar suas consultas médias de rotina uma vez que esta condição também pode ser assintomática e o seu médico só detectar uma anomalia pelo ultrassom pélvico.

Tratamento para Endometriose:
Como a endometriose é uma das principais consequências da infertilidade nas mulheres mais com diagnóstico precoce é possível aumentar a taxa de concepção. O método para o tratamento irá depender do estado de saúde e do que pode ser usado com uso de  analgésicos, tratamento hormonal ou com a laparoscopia.

É muito importante ao consultar o seu médico esclarecer todas as suas dúvidas, ele é a  única pessoa que está autorizada a dar mais informações quando a sua saúde.