Durante o terceiro trimestre fazer uso de antibióticos pode afetar o sistema imunológico do bebê. Essa foi a conclusão de um estudo publicado pela revista European Respiratory

O estudo observou que as gestantes que fizeram uso de antibióticos durante o terceiro trimestre aumentaram o risco de sibilância nos bebês. Ao total, foram analisadas cercas de 3.500 mulheres e seus filhos.

Alguns fatores geraram confusão no estudo dos casos, como a idade materna, se era tabagista, o número de irmãos da criança também foram levados em conta e histórias de infecções respiratórias.

O estudo pode concluir que não havia nenhuma evidência que associou as mães que tomaram antibióticos durante o primeiro trimestre da gravidez com sibilância na primeira infância.

O que pode observar é que o risco foi aumentado após o consumo de antibióticos durante o terceiro trimestre, e não poderia ser explicado por qualquer outro fator que confundisse o resultado.

A principal explicação para o resultado é que a composição de bactérias da mãe quando faz uso de antibióticos afetam o desenvolvimento do sistema imunológico do recém nascido, tornando-o suscetível a problemas respiratórios.