A cesariana é uma cirurgia para a retirada do bebê, ele é realizado por um obstetra que faz uma incisão na região do abdome e no útero da gestante.

Em boa parte dos partos cesáreos a mulher receberá uma anestesia raquidiana que é administrada em menor volume (cerca de 2 ml a 3 ml) ou peridural (que pode chegar a necessitar de 10 ml para o seu efeito), ou uma combinada, para que a gestante possa acompanhar a chegada do seu bebê acordada.

Durante o parto a gestante estará recebendo soro intravenoso e também é colocada uma sonda para urina. Além disso, a frequência cardíaca da mamãe também é monitorada e a região abaixo dos seios é protegida e isolada na cirurgia.

Quando a anestesia inicia o seu efeito, o obstetra está proto para iniciar a cirurgia e faz um pequeno corte horizontal na pele região acida do osso púbico, que fica logo abaixo da linha do biquíni. Varias camadas de tecido e músculos são abertas até alcançar o útero. É feito um pequeno corte no útero para a retirada do bebê.

Nessa fase em que o bebê é retirado da barriga da mãe é bastante rápido e em poucos minutos a cesariana chegará ao fim.

O recém nascido será avaliado rapidamente pelo pediatra e em seguida será mostrado a você, caso esteja todo certo o pai poderá segurar o bebê. Enquanto isso, o obstetra estará retirando a placenta e em seguida os pontos estarão sendo dados em cada camada da pele e dos músculos. Essa fase leva 30 minutos para ser concluída (leva mais tempo para fechar do que para abrir).

O bebê recebe a pulseira de identificação ainda na sala de parto e em seguida a mãe é levada para sala de recuperação, enquanto o bebê vai para o berçário, onde será colocado em um berço aquecido ou uma incubadora e será identificado.

Veja também:
– Parto cesárea – Quanto tempo dura?