Com certeza um dos momentos mais relaxantes do dia pode ser ao tomar um banho quente, né verdade? Em boa parte dos casos, tomar banho quente durante a gravidez não fará mal algum, desde que a mulher não tome um banho com a água extremamente quente ou permaneça no banho quente por um longo período.

O banho quente no chuveiro ou em banheiras:
Boa parte dos médicos permite as gestantes tomar uma ducha quente durante a gestação, desde que a água não ultrapasse a 37,7°C. Mas deve evitar o banho em banheiras quentes ou em saunas, já que controlar a temperatura se torna mais difícil.

Posso tomar banho quente por toda gestação?
De modo geral, o banho quente durante os dois primeiros meses deve ser evitado, já que essa fase é um dos momentos mais delicados da gravidez e o superaquecimento não seria legal. Sendo que durante os outros meses da gestação o banho quente está liberado. Lembrando que você deve se certificar que a água não esteja acima de 37,7°C. Neste caso, faça uso de um termômetro para garantir um banho seguro.

Benefícios do banho quente durante a gravidez:
Os banhos quentes ajudam a relaxar os músculos que ficam bastante doloridos durante a gestação, ele também irá ajudar aliviar as dores nas costas e as possíveis cãibras nas pernas. O banho quente também pode ajudar bastante aliviar as dores, sem ter a necessidade de tomar algum analgésico. O banho quente permite a gestante um relaxamento emocional já que ajuda a diminuir os níveis de estresse da grávida.

O que o banho muito quente pode provocar ao bebê?
Ao tomar um banho muito quente o bebê não terá uma maneira de se proteger do superaquecimento, tornado assim completamente nocivo para ele. Em casos de gestação de risco, como sangramentos durante a gravidez ou sinais de um parto prematuro, deve evitar tomar banhos muito quentes.