Logo nas primeiras semanas após a chegada do bebê muitas mamães podem se sentir mais negativas ou até mesmo sentir uma tristeza sem muita explicação com a chegada do seu filho. Daí a mamãe vive uma situação bastante contraditório, já que ela estava muito ansiosa e feliz devido à chegada do seu bebê. Mas, porque sente uma tristeza quando na verdade deveria estar pulando de alegria?

Esse problema acontece devido a vários fatores que acabam fazendo a mãe se sentir culpada por não estar se sentindo feliz, já que esse era o momento mais esperado em sua vida. Muitas mamães acabam passando por isso e na grande maioria das vezes nem chegam a descobrir o problema.

Pensando em ajudar as muitas mamães resolvemos escrever esse artigo sobre o Baby Blues.

O que o Baby Blues?
Com a chegada do bebê, você sentirá um turbilhão de emoções e também uma baita exaustão física. Logo após o parto, muitas mulheres acabam sentindo fortes alterações do humor, melancolia ou tristeza. Esses fatores ficaram conhecidos como baby blues.

Esses sentimentos que você sente durante o pós-parto geralmente estão ligados as mudanças hormonais que ocorre no corpo da mulher após a gestação.

baby blues - depressão pos parto 01Baby Blues x Depressão pós-parto:
Muitos ainda confunde o Baby Blues com a depressão. O Baby Blues é uma forma mais branda e menos grave de uma depressão pós-parto. Geralmente a mãe se sente confusa e luta contra a tristeza, já que vivenciou em tão pouco tempo uma das maiores alegrias de sua vida, muitas mamães acabam não falando e recolhendo as emoções apenas para si. Mas vale lembrar que a melhor forma de passar por esse problema é falando o que você está sentindo e os desafios que você está sentindo para não sofrer com o baby Blues.

Vale salientar que entre 60 a 80% das mamães acabam sentindo em seu pós-parto algum tipo de sentimento negativo ou variação do humor logo após o nascimento do bebê.

Principais sintomas do Baby Blues:
– Insônia;
– Cansaço;
– Ansiedade;
– Impaciência;
– Irritabilidade;
– Dificuldade em se concentrar;
– Mudança de humor de forma repentina;
– Tristeza por motivos considerados  “bobos”;
– Choro constante ou sem motivo aparente;
– Alteração no apetite (para mais ou para menos);
– Se preocupar de forma excessiva quanto ao papel de mãe e até mesmo achar que a maternidade nunca será prazerosa.

Causa do baby Blues:
– Distúrbios do sono;
– Dificuldade em se adaptar a nova rotina;
– Mudanças hormonais que ocorrem com o fim da gestação, que podem fazer com que ocorra alterações químicas no cérebro resultando em depressão.

Duração do baby blues:
Pode durar alguns minutos ou até horas em seu dia. Mas tende a desaparecer 15 dias após o parto.

Como tratar o baby Blues:
– Conversar com alguém que você confia sobre o problema, pode ser até mesmo um psicólogo;
– Ter um diário, onde você possa desabafar sobre os seus sentimentos e pensamentos;
– Caso você esteja sozinha para cuidar do bebê e das tarefas da casa, chame alguém para ajudar e se conecte com seu bebê, sem ter que fazer malabarismo para cuidar de tudo;
– Não espere ser uma mãe perfeita, não se cobre, principalmente nos primeiros dias após o nascimento do seu bebê. Caso você tenha algum sintoma agravante como incapacidade de cuidar de si mesma ou do bebê, procure ajuda médica.

Caso esses sintomas permaneçam mais de que 15 dias ou se agravem, será necessário conversar com seu médico sobre uma possível depressão pós-parto.

Lembrete aos Papais!
Seja paciente com sua mulher e esteja proto para ouvi-la. Fale que esse sentimento que ela está sentindo é muito mais normal do que ela imagina durante o pós-parto. Ajude no que for possível para que ela possa se sentir melhor, se for necessário esteja disposto em ouvi-la, enxugar suas lágrimas e ajudá-la nas tarefas da casa. O seu apoio incondicional é fundamental nesse momento.