Diante de uma ameaça de aborto, você tem que descansar bastante. Não existem medicamentos para prevenir o aborto natural.

A dor abdominal ou perda de sangue são alguns dos sintomas mais evidentes de aborto espontâneo. Quando os sintomas indicam que você pode está sofrendo um aborto espontâneo, existem de fato uma ameça.  O aborto espontâneo refere-se à perda da gravidez de forma natural, sem a intervenção de médicos ou de forma cirúrgica.

O aborto espontâneo pode ter várias causas, sendo que a mais comum é tipo genético. Cerca de 85% dos abortos espontâneos são causadas por alterações genéticas. Quando ocorre ameaça de aborto, pode tomar medidas para tentar solucioná-lo e evitar a perda de gravidez.

O médico pode recomendar repouso, descanso pélvico e não praticar sexo. Embora nem sempre seja uma garantia de sucesso.

Você também pode optar por um tratamento com medicamentos:
A Isoxsuprina (Inibina), usado para bloquear as contrações ineficazes nas primeiras 16 semanas de gravidez.
A progesterona, que serve apenas se existe falha na dosagem do hormônio durante a gestação.