Um dos problemas que mais afetam as gestantes são as espinhas e acnes. Sendo que o ácido salicílico, um medicamento bastante comum para o tratamento das espinhas e acnes, pode não ser uma boa escolha durante a gravidez. Pois, dependendo da concentração do produto tópico ou em pílulas pode afetar o desenvolvimento do bebê e a gestante.

Para que serve o ácido salicílico:
O ácido salicílico ajuda a diminuir a inflamações e a vermelhidão na pele, podendo também agir como um esfoliante para remover a camada de pele morta que se encontra na superfície da pele. Boa parte dos cosméticos anti-acne, como tônicos, cremes de uso tópico contra acnes e esfoliantes possuem em sua fórmula o ácido salicílico

Principal efeito do ácido salicílico quando utilizado na gravidez:
Os especialistas ainda não chegaram a nenhuma conclusão sobre a influência do ácido salicílico com relação ao feto, mas já foi comprovado em alguns testes que as gestantes que tomaram pílulas que continha ácido salicílico ocorreu mal formação do feto e complicações durante a gestação, levando ao aumento de abortos espontâneos e problemas no pulmão e coração do bebê. Por essas e outras questões os médicos não recomendam durante a gravidez fazer uso do ácido salicílico para que o corpo não absorva o ácido e que ele não entre na corrente sanguínea da mãe.

Como prevenir e eliminar a acne no rosto?
Durante a gravidez é comum o surgimento das erupções e irritações cutâneas e uma forma caseira de evitar esse problema é passando o sumo de um dente de alho sobre a espinha. Devido ao seu poder antiinflamatório ele acaba secando a espinhas e acnes rapidamente.

Uso do ácido salicílico durante amamentação:
Caso você faça uso do ácido salicílico durante o período de amamentação é muito provável que o produto passe para o leite materno e acabe afetando o bebê.  Por isso, consulte o médico antes de iniciar qualquer tratamento a base de ácido salicílico. Neste caso, você deve consultar um dermatologista para um tratamento natural ou alternativo para tratar das espinhas e acnes.